Menu

Deprecated: Non-static method JSite::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/storage/d/22/f6/renatamaranhao/public_html/templates/gk_startup/lib/framework/helper.layout.php on line 113

Deprecated: Non-static method JApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/storage/d/22/f6/renatamaranhao/public_html/includes/application.php on line 536

A Noiva do Sol - Na Esquina do Continente

 

Natal fica ali, bem na esquina do continente. Os mais de 300 dias de sol por ano dão o clima de verão eterno e os ventos constantes vindos do oceano dão o ar mais puro e renovável da América Latina, fato atestado pela NASA.

O Forte dos Reis Magos é o símbolo guardião do povo potiguar. Entre outras coisas importantes para a história não só de Natal, como do Brasil, é que da fortaleza partiu Jerônimo de Albuquerque para expulsar os franceses do Maranhão. Depois da vitória, herdou o nome do estado em seu sobrenome. O que torna a jornalista que vos escreve parte interessada desta história, já que é descendente deste cavalheiro Fidalgo da Casa Real.

Pela cidade estar tão bem situada na “esquina do continente” ou na “esquina do Atlântico”, Natal foi favorecida em diversos aspectos durante a Segunda Guerra Mundial, chegando a ser classificada como "um dos quatro pontos mais estratégicos do mundo" pelo Departamento de Guerra dos EUA, junto com Suez, Gibraltar e Bósforo.

A presença constante de americanos em Natal fez da cidade um símbolo da democracia e da liberdade. Trouxe ainda novos produtos para o fascínio dos brasileiros. Foi primeira a cidade brasileira a conhecer o chiclete e a Coca-Cola.

CORDEL

Minha terra tem palmeiras

Onde canta o sabiá

A literatura de cordel ainda é muito viva em Natal. Chegou ao país na época da colonização, junto com os romanceiros do renascimento.

 Esta forma de escrita em rimas e versos não só está viva, como em ascensão no Brasil, especialmente no Rio Grande do Norte. Em vários lugares você encontra uma banquinha com os tradicionais cordéis.

E a popularidade dos versos tem colocado a literatura de cordel como uma ferramenta auxiliar das escolas e ganham cada vez mais espaço nas bibliotecas da cidade. Tanto, que ganhou sua própria casa em 2007. Os mais diversos profissionais da escrita, sejam professores, músicos ou poetas ganharam um novo ponto de encontro na Casa do Cordel.

 Rumo ao Norte

A beleza natural é uma história a parte. Rumo ao Norte de Natal nos deparamos com obras da engenharia de cair o queixo.

 

 

 

 

 

Dunas de Genipabu

A cena remete às de tempo mais distante, para as fazendas a beira da praia, retratadas nos antigos quadros. Para chegar às dunas de Genipabu você tem que passar por belíssimas praias repletas de coqueiros emoldurando a orla, dunas enormes, mangues e grandes lagoas de água doce parecendo um oásis no meio do deserto.

Genipabu é a união da aventura a belas paisagens. O que pouca gente sabe é que o parque das dunas móveis surgiu da união de três famílias proprietárias das terras.

Situado a 20 km do centro de Natal, numa área de Preservação Ambiental (APA), o parque ganhou fama internacional pelo visual exuberante e pela adrenalina do passeio de bugies que tornou famoso o chavão repetido por todos os bugueiros: “com ou sem emoção?”. Apesar de um pouco assustador, esse off-road radical em que os veículos mergulham em abismos de areia com dezenas de metros de altura é cercado de muita segurança e realizado somente por profissionais credenciados pela Secretaria Estadual de Turismo. Inclusive são os únicos que podem ter acesso ao local dos passeios, que, lembrando, fica em uma propriedade particular.

 Uma  paisagem ainda pouco explorada, onde a relação entre natureza e infraestrutura não afeta o ecossistema e satisfaz o turista.

 

 

 

PIPA – PRAIA DE FASES 

A 85 km de Natal, a badalada praia da Pipa foi descoberta por surfistas. Com ruas de pedras e muitas ladeiras, a região tem restaurantes com ares de Grécia, lojas de artesanato, barzinhos para todos os gostos e pousadas para os visitantes.

Ao que parece, o atual povoado foi fundado há uns 200 anos, mas a história é ainda mais antiga. Restos de cerâmica e ferramentas de pedra encontrados em diversos pontos do município atestam que Pipa foi um antigo acampamento de índios potiguares.

 Até a década de 80 era uma pitoresca comunidade de pescadores. Sem televisão, sem estradas asfaltadas, onde as luzes das casas se apagavam às 8 da noite.

 

 

 

 

 

 

 

A praia é uma combinação de areias brancas, águas límpidas e falésias, onde golfinhos vêm para acasalar e tartarugas vêm para desovar. Um cenário paradisíaco. Pipa foi eleita pelo Guia 4 Rodas como uma das 10 mais belas praias do Brasil e o que antes era “infestado” de gringos, agora volta a ficar deserto. Por conta da crise europeia, a grande maioria voltou para seu país de origem, deixando hotéis e restaurantes abertos somente na alta temporada. É mais Brasil para brasileiros. Um daqueles lugares do mundo para se conhecer antes de morrer. 

 

Leia mais ...

Good News de 19/05: Costa oeste dos EUA volta a ter orcas, golfinhos e leões marinhos.

Um jornal mais apaixonante a cada semana que passa. O Good News, de novo, abordou o tema sobre animais marinhos e é mais um vídeo que vale a pena rever e realçar como o meu preferido desta edição. Fabio Borges, correspondente internacional da Rede Tv!, produz uma bela matéria falando que os grandes animais como baleias, golfinhos e leões marinhos voltaram a visitar a costa oeste dos Estados Unidos, depois que o governo local investiu em despoluição. Bons exemplos de governo com resultados que podem ser vistos diariamente por moradores e turistas. Nas palavras do próprio Fabio, quando parabenizado pela reportagem: "Oi Renata, eu sei que você também é apaixonada pela fauna marinha. Foi um prazer fazer essa reportagem... E, de fato, todos os dias que saio de barco, vejo baleias por aqui. É uma terapia..."

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Login